…

Introdução à gestão de testes

outubro 11, 2022

Os softwares desenvolvidos atualmente estão tornando-se mais e mais complexos, os times estão cada vez mais distribuídos em escritórios e fusos horários diferentes e os deadlines mais curtos. Uma gestão de testes eficiente tornou-se um fator crítico para o desenvolvimento de software com alta qualidade e que atenda os seus requisitos e as necessidades dos seus usuários.

Tipicamente, a gestão de testes é realizada através de quatro atividades chave, como pode ser visto abaixo:

Planejamento dos testes: Nesta etapa é definido o objetivo dos testes, as premissas, assim como os marcos e riscos. Os requisitos são analisados brevemente para ajudar na estimativa do esforço de testes, ambientes necessários e tamanho da equipe. 

Especificação dos casos de testes: Neste momento os analistas de testes analisam os requisitos detalhadamente e escrevem os casos de testes. 

Execução dos testes: Nesta etapa os testes são executados (de acordo com o calendário de entregas da equipe de desenvolvimento). Muitas vezes é necessário fazer a configuração de ambientes para rodar os testes para garantir uma cobertura adequada em diferentes configurações de dispositivos, sistemas operacionais, navegadores e redes. Além disso, defeitos são reportados para que a equipe de desenvolvimento possa reproduzir e corrigir.

Acompanhamento dos resultados: Esta atividade ocorre desde o início da gestão dos testes. Seu objetivo é acompanhar e reportar o progresso, resultados, indicadores de qualidade e defeitos para que os gestores ou stakeholders possam acompanhar o desempenho, comparar o progresso realizado e tomar decisões com base em métricas confiáveis.

O gerenciamento do planejamento, especificação, manutenção e execução de testes requer o uso de uma ferramenta especializada para facilitar a colaboração, prevenir a duplicação de esforços e gerar relatórios confiáveis. 

A adoção de uma ferramenta de gestão de testes ajuda na padronização dos processos necessários para planejamento e a gestão do ciclo de vida dos testes, promove a reutilização e rastreabilidade entre os artefatos e amplia a visibilidade do progresso e níveis de qualidade por meio de relatórios e métricas.

 

Time MeloQA

Posts relacionados